Postagens

Sons e Línguas - O Fazer Missões através da Tradução da Bíblia em Poesia

Imagem
Abaixo segue o texto do Folheto Sons e Línguas, da Missão ALEM, que descreve de modo singelo o trabalho do missionário-tradutor de Bíblias. Leremos esse texto dividindo-o em duas partes, fazendo sempre comentários sobre o Cumprir o Ide através da ações por trás da Tradução da Bíblia.

Capte um som, Guarde-o na memória, Contemple seus aspectos, Calcule suas vibrações, Analise seu contexto, Chame-o com um nome, Desenhe seu formato, Registre-o na história, Com um novo som. Recomece toda a trajetória, Com um novo som.
É um trabalho artesanal, alguém já mencionou. Encontrar um grupo sem escrita (ágrafo), viver entre eles, aprender seus sons, suas convenções sociais, a expressar nossos sentimentos através de sua forma de ver o mundo! O gravador, o caderno de anotações, canetas, lápis - esses são alguns dos companheiros de um linguista quando ele não está convivendo diariamente com o povo a quem ele está dedicando sua vida a fim de lhes conceder o dom da escrita.
Escreva os Sons (O aspecto linguístico)

Juvenco (SécuIo IV) - Tradutor da Bíblia em Versos

Imagem
Seu nome completo era Caio Vécio Aquilino Juvenco (em latim, Caius Vettius Aquilinus Juvencus). Ficou conhecido por ser o primeiro poeta épico cristão a versificar em latim os quatro evangelhos.
O que sabemos de Juvenco vêm das citações ou narrações de Jerônimo em seus escritos:
"No tempo de Constantino, o prebístero Juvenco escreveu em versos a História de Nosso Senhor e Salvador. Realizou isso sem diminuí-la em nenhum momento, mesmo quando versificar as majestosas frases do evangelho" (Epístola a Magno, Jerônimo)
"Juvenco, espanhol de nobre ascendência, presbítero, compôs quatro livros, versificando os quatro evangelhos quase literalmente nos moldes hexâmetros. Os sacramentos também foram escritos nesse mesmo metro poético" (De viris ilustribus, Capítulo 84, Jerônimo) 
Os Evangeliorum libri são um poema dividido em quatro livros, totalizando 2.219 hexâmetros. No prólogo de sua obra, Juvenco afirma sua intenção de cantar os feitos salvíficos de Cristo, o dom de D…

Por que Deus inspirou textos difíceis? Parte II

Imagem
INTRODUÇÃO
Na primeira postagem com esse título, apresentamos a defesa de que há tantos textos de fácil quanto de difícil interpretação nas Escrituras. Pedro foi nosso porta-voz nessa questão (2 Pe 3:15-16). Agora, queremos apresentar duas das quatro razões por que Deus inspirou textos difíceis. Nossa discussão é baseada principalmente em anotações do livro "Irmãos, Nós Não Somos Profissionais", do pastor e escritor John Piper (2009:115). 
DESESPERO Paulo declara em 1 Coríntios 2:14 que: "Ora, o homem natural não aceita as coisas do Espírito de Deus, porque lhe são loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente." Todos nós deprovidos da obra do Espírito Santo não passamos de homens naturais, carentes da glória de Deus (Rm 3:23).
Na declaração paulina, ressaltamos três fatores sobre nossa incapacidade inata de entender coisas espirituais:

Primeiramente, não há aceitação do que a Palavra diz - lemos como uma predisposição quase instantânea de …

Tour pelo Blog Gramática Teológica - Parte I

Imagem
A FÉ VEM PELO OUVIR


Na seção Leitura e Estudo da Bíblia, procuro oferecer aos leitores de nosso blog material que lhes auxilie em uma melhor compreensão e aplicação da Palavra de Deus em suas/nossas vidas. Para isso, realizaremos periodicamente um tour visando à descoberta de recursos valiosos que devem ser compartilhados com todos. 

Iniciamos, então, com o site/link A Fé Vem Pelo Ouvir - você já deve ter lembrado de um recurso homônimo da Sociedade Bíblica do Brasil.. No entanto, aquele material é independente do homônimo oferecido pela SBB.
Faith Comes by Hearing - como é chamado originalmente - tem como missão: "Gravar e usar na língua do coração dos povos Áudio-Bíblias que poderão ser usadas em reuniões nas igrejas e também como melhor forma de fazer discípulos de toda nação, tribo, língua e povo" (1).
Dados do site ONUBr em setembro de 2013 afirmam:
"De acordo com dados divulgados neste mês, ainda que o número de analfabetos tenha diminuído na última década em 150 pa…

Péter Juhász, o Tradutor-Botânico (1532-1572)

Imagem
Péter Juhász (Méliusz) (ou Méliusz Péter Juhász - na cultura húngara o sobrenome da pessoa antecede seu nome) nasceu em 1532 ou 1536 no Condado de Tolna (Hungria). Foi escritor, botânico, pastor, erudito e o maior reformador da igreja húngara.  
Completou seus estudos em Tolna e Sárvár, onde foi inicialmente luterano e depois tornou-se calvinista ou reformado. Recebeu o grau de Mestre na Universidade de Wittenberg em 25 de outubro de 1556.
A partir de 1558, tornou pastor em Debrecen e logo começou a expor as doutrinas calvinistas. Traduziu para a língua húngara os livros de Jó e Reis (em Debrecen 1565) e o NT (em Szeged, 1567). Desta última obra não resta nenhuma cópia. 
Também escreveu uma obra sobre botânica, Herbarium,  a  primeira descrição de ervas medicinais húngaras (Veja a primeira figura abaixo). Teve uma vasta obra que incluía sermões,  exposições doutrinárias, cânticos eclesiásticos didáticos (Veja a figura 2). Veio a falecer em 1572 em Debrecen.





Traduzido, adaptado por Marcos …

Por que Deus inspirou textos difíceis?

Imagem
Essa postagem é formada por anotações do capítulo homônimo encontradas no livro "Irmãos, nós não somos profissionais", do pastor e escritor John Piper. Ela constitui uma introdução ao assunto que quero trabalhar durante algum tempo: Por que Deus inspirou textos difíceis? Para melhor leitura e reflexão, dividimos essas breves anotações. Que Deus abençoe a você com o texto abaixo. Abraço e boa leitura!
Você já se deparou com a explicação de que entenderímos mais a Bíblia se "fôssemos mais espirituais, e mais dóceis" (p. 115)? Isso é parcialmente verdadeiro. Nas páginas do Santo Livro, encontramos pessoas a que julgamos bem mais espirituais que nós e, ainda sim, dizem não entender certos trechos. De quem estamos falando? Simplesmente do apóstolo Pedro que está incluído no seleto grupo de autores abençoados por Deus com a graça da Inspiração em duas obras: 1a. e 2a. Epístolas de Pedro.
"e tende por salvação a longanimidade de nosso Senhor, como igualmente o nosso…

Adoniram Judson (1788-1850)

Imagem
Nascido em 9 de agosto de 1788 em Malden, Mass., E.U.A. e falecido em 12 de abril de 1850, no Oceano Índico, em alto mar, filho de um pastor congregacional, aos três anos já aprendeu a ler sozinho e aos 10 já sabia grego e latim. Aos 16 anos, entrou na Universidade de Brown e graduou-se três anos depois - era o primeiro de sua turma. Quando jovem, tornou-se amigo de um agnóstico. A influência dessa amizade fez Judson afastar-se da fé cristã. Os ensinos de seu pai pareciam agora tolices do passado. Viajou para Nova Iorque onde esperava trabalhar futuramente, mas isso não se concretizou. Triste e errante, uma noite hospedado em um hotel, despertou-se de madrugada devidos aos gritos vindo de um quarto vizinho ao seu. Na manhã seguinte, procurou se informar a razão daquele lamento. A resposta foi de que se tratava de um moribundo que havia morrido em desespero. Ao perguntar sobre o nome de tal pessoa, descobriu que era seu amigo agnóstico que lhe influenciara em abandonar sua fé. Isso desenc…